domingo, 11 de setembro de 2011

Como fazer drift com o kart

O drift é uma manobra muito usada no kart e além de divertida, faz com que o piloto ganhe segundos preciosos em uma corrida.

Para quem não sabe, drift é uma técnica de direção de carros ou motos que consiste em deslizar nas curvas escapando de traseira, girar o volante para que as rodas dianteiras estejam sempre em uma direção oposta a curva controlando o nível de derrapagem, fazendo o carro literalmente andar de lado.

No kart, isso é possível pois o carrinho é MR, ou seja, possui motor central e tração traseira.

A primeira dica fica por conta da trajetória. O piloto deve buscar a tangência da curva, entrando pela parte de fora, ficando o mais dentro possível no meio dela e saindo pela parte de fora. Abaixo, estão duas linhas que facilitam a visão e a interpretação:


Após o básico sobre drift, aqui estão alguns tipos e as instruções para praticá-los:

Braking Drift: Consiste em frear na entrada da curva, transferindo o peso para a dianteira fazendo a traseira perder a tração. Após obter o oversteering, contra-esterça a direção para direcionar o movimento do carro, com o acelerador mantém-se o drift.

Faint Drift: O piloto conduz o carro para o lado de fora na entrada da curva, o peso do carro é transferido para as rodas externas, então rapidamente vira o carro para dentro da curva. Quando a suspensão do carro dá batente, o peso muda tão rapidamente que a traseira sai e a derrapagem se inicia.

Kansei Drift: Essa técnica é utilizada em curvas de alta-velocidade, se executada perfeitamente não é utilizado o freio. Na entrada da curva retira-se o pé do acelerador, transferindo o peso para frente e provocando a perda de tração nas rodas de trás.

Punta-taco (válido somente para karts com marchas): Consiste em reduzir a marcha rapidamente sem sicronizar a rotação do motor e das rodas, a diferença faz com que as rodas travem e percam a tração. Mantendo a ponta do pé no freio, dá-se um toque no freio e no acelerador suficiente para igualar rotação e velocidade do carro na marcha a ser engatada. Assim que a rotação desejada é atingida, desacelere e faça mais uma redução de marcha para assim manter o drift.

Tenha paciência, não vai ser nas primeiras voltas que você irá sair detonando! Prática leva à Perfeição!

Um comentário: